quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

As frases fantásticas do Fantástico em 2007.

Vídeo: Fantástico - último programa do século XX
"O CD hoje em dia é como alta-costura: ninguém veste aquilo, mas é o que lança as bases da estação. E o artista quer ter um CD." JOÃO MARCELLO BÔSCOLI

"Vivemos a era do umbigo. Tente se interessar pelo que os outros dizem. Não expresse seu verdadeiro eu o tempo inteiro." GLORIA KALIL

"O que me tira do sério de verdade é quando estou sendo maltratado em algum lugar público, como na fila de um banco ou supermercado e, de repente, alguém me reconhece, e todo mundo passa a me tratar bem. Já fiquei tão nervoso que exigi: 'Agora você vai continuar me tratando mal, se não eu vou chamar o gerente!'" CACO BARCELLOS

"Não entendo gente que não é fascinada pela morte. Porque a idéia da morte faz com que tudo passe a valer a pena." BERT KEIZER, O "DOUTOR MORTE"

"Por um lado eu promovo, incentivo e incenso o anarquismo, o deboche completo. Mas, por outro, eu não acho que isso seja uma solução, ainda mais para um país como o Brasil, que já tem um grau de nonsense perturbador. Seria melhor aplicar essa minha tática na Alemanha." EDUARDO BUENO, O PENINHA

"Tem pelo menos mil pessoas neste país que sabem a minha idade. No barato. Não é um segredo. Mas também não vou dizer pra todo mundo. É muito mais bonito a gente brincar com a imaginação." GLÓRIA MARIA

Frases extraídas do programa Fantástico da Rede Globo de Televisão. (garimpadas no terceiro número da revista FANTÁSTICO).

Um comentário:

Girotto disse...

Muito bacana a seleção. Se for pegar pelo que dizem, hahaha

Felicidades