quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Frase: Irã gay

Iraniano mostra marcas de chicotadas em foto
publicada pela Irqo (Foto: Reprodução)

"Se não há homossexuais no Irã, eu sou o quê?"

"No ano passado, soubemos do caso de um pai que ateou fogo e matou o próprio filho, de 18 anos, quando descobriu que ele era gay, para manter a honra da família"

"Quando concluí que era gay, sofri muito. Eu me voltei para o islamismo, rezava para Alá 24 horas por dia pedindo que ele me fizesse uma pessoa melhor"

Arsham Parsi, diretor executivo da IRQO (Iranian Queer Organization), uma organização iraniana que luta pelos direitos dos homossexuais.A declaração feita por Arsham Parsi desmente a afirmação do presidente do Irã , Mahmud Ahmadinejad. Na segunda-feira, Ahmadinejad disse durante debate na Universidade de Columbia, nos EUA, que não havia este "fenômeno" no Irã. "Nós não temos homossexuais como em seu país (EUA). Nós não temos isto em nosso país. Não temos este fenômeno", afirmou o presidente.

Nenhum comentário: