domingo, 2 de agosto de 2009

Frases: A semana entre aspas - 02/08/2009

"Ele não conseguiu ver que os amigos dele eram o pai e a mãe, e não os outros que o levaram para as drogas"
Judson Carlos dos Santos Bragança. Pai de adolescente assassinado dentro de casa por dívida com traficantes.

"Sinto-me até hoje viúva de um fantasma"
Elza Miranda. Sobre o desaparecimento do marido Jayme Amorim de Miranda, membro do Comitê Central do PCB, preso no Rio de Janeiro em 4 de fevereiro de 1975.

"Prefiro faltar do que ficar ouvindo bate-boca que não leva a nada"
Magno Malta. Senador (PR-ES), campeão de faltas.

"Que eu saiba, nunca fui traída. Se eu fui, esqueceram de me avisar"
Danielle Winits. Atriz, dizendo-se tranquila quanto à fidelidade dos parceiros.


"Eu sabia que ele tinha outro filho. Ele parece um Jackson, age como Jackson e dança como um Jackson"
Joe Jackson. Pai de Michael Jackson, confirmando que o rei do pop foi o pai do rapper norueguês Omer Bhatti, de 25 anos.

"Eu não quero mais ter opinião. Eu adoraria ser uma pessoa que fumasse maconha, por exemplo"
Maitê Proença. Atriz, integrante do programa "Saia Justa", do GNT, dizendo que gostaria de estar em um momento de "não fazer nada".

"Não experimentei e confesso que não tenho muita vontade"
Selton Mello. Ator, ao falar sobre casamento em entrevista à revista “Isto É Gente".

"Pô, Rubinho, mas você tinha que jogar as coisas logo na minha cabeça?"

Felipe Massa. Em conversa telefônica com Rubinho Barrichelo, mostrando estar se recuperando bem do acidente no treino.

"Dei um salto de um nadador que tentava alguma coisa para entrar para a história. Foram anos de muito trabalho, eu nunca trabalhei para nadar mais devagar do que ninguém"
César Cielo. Nadador brasileiro medalha de ouro nos 100 metros rasos, batendo o recorde mundial.

"O Estado venceu uma etapa importante contra o crime organizado, mas esse é um desafio permanente. No período posterior ao meu governo, é preciso não permitir volta ao passado"
Paulo Hartung. Na a inauguração do Terminal Juiz Alexandre Martins, juiz assassinado em 2003.

Fonte: Jornal " A Gazeta" (Seleção de Rubinho Gomes)




Nenhum comentário: