domingo, 12 de julho de 2009

A semana em frases: 11 de julho de 2009




"Eu me preocupo mais com os amantes rejeitados do que com os órfãos de guerra"
Fernanda Young. A presentadora do programa "Irritando Fernanda Young", sobre as pessoas mal amadas.

"As pessoas não podem ter tudo na vida. Acho que filhos eu não vou ter. Paciência"
Ana Paula Padrão. Apresentadora do “Jornal da Record“, em entrevista onde disse ter desistido de ser mãe, após inúmeras tentativas frustradas.

"Quem busca a imunidade parlamentar para obter a impunidade criminal continuará a ser candidato"
Chico Alencar. Deputado (PSOL-RJ), sobre a lei eleitoral.

"Rodar filmes é como fazer amor: um entra no assunto esperançoso e geralmente acaba decepcionado"
Woody Allen Em entrevista à revista alemã "TV Movie".

"Desde que nasci, o papai foi o melhor pai que vocês podem imaginar. Só queria dizer que te amo muito"
Paris Jackson. Filha mais velha de Michael Jackson, no final das homenagens.

"Os EUA não tomarão mais uma virada ganhando de dois gols"
Barack Obama. Após receber de Lula uma camisa da Seleção Brasileira autografada pelos campeões da Copa das Confederações.

"O presidente Lula é quem mais está ajudando o Corinthians nessa fase. Ele está dando alguns contatos de empreiteiras que podem nos ajudar. Ele é fanático, um corintiano roxo"
Ronaldo. Após encontro com Lula no Palácio do Planalto, revelando que o presidente pediria a empreiteiras para investir no centro de treinamento do clube

"Às vezes em nossa profissão, você não precisa fazer perguntas. Basta ir às ruas e olhar as pessoas. É aí que você descobre a vida como ela realmente é vivida"
Gay Talese. Em entrevista durante a Festa Literária Internacional de Paraty, garantindo que “o jornalismo não está ameaçado pela internet".

"Eu tenho um lado sentimental. Sou filho de comerciante. Fui criado nesse ambiente do comércio"
Paulo Hartung. Governador, na festa dos 100 anos da Associação Comercial de Vitória

O senado sangra...
Com apoio de Lula, Sarney não larga a rapadura

"Não se fala de corda em casa de enforcado..."
Fernando Henrique Cardoso. Recusando-se a comentar a crise no Senado, durante visita para sessão comemorativa dos 15 anos da edição do Plano Real.

"Ao enquadrar a bancada do PT no Senado e interferir de maneira despudorada em outro Poder da República, Lula encerra de vez o sonho daqueles que o elegeram acreditando em um país mais justo"
Jarbas Vasconcelos. Senador (PMDB-PE), sobre a interferência de Lula na crise do Senado.

"Qual é o cimento dessa aliança? As conversas podem ser gravadas, filmadas? Me parece que há uma porção de conversas que não dá para crianças assistirem"
Ciro Gomes. Deputado federal (PSB-CE), sobre a aliança entre PT e PMDB.

"Tomamos uma posição que não agradou a ninguém: nem ao presidente Lula, nem ao PMDB, nem a Sarney e muito menos à opinião pública"
Tião Viana. Senador (PT-AC), sobre a posição dúbia adotada pelo partido diante da crise no Senado, após a pressão do presidente Lula para fortalecimento de José Sarney.

"Adoraria atuar como uma drag queen ou um travesti por causa dos figurinos. Mas não faria somente para me fantasiar, o roteiro teria que ser bom. Sei que fico bem com os olhos maquiados, e como não vou virar emo, a outra opção é interpretar uma drag queen"
Daniel Radcliffe. Protagonista da série "Harry Potter", em entrevista ao jornal britânico "Guardian".

"A internet é a nova ágora do mundo, como a praça das cidades gregas que eram espaços da cidadania. Não é possível proibir que alguém sente num banco e comece a defender seus pontos de vista"
Rosental Calmon Alves. Jornalista brasileiro, professor da Universidade do Texas e um dos maiores especialistas em internet no mundo, criticando a tentativa de restringir o uso da web pela legislação brasileira.

Fonte: Jornal " A Gazeta"

Nenhum comentário: