terça-feira, 17 de março de 2009

Clodovil: Frases dele e sobre ele



Frases sobre Clodovil:


"Infelizmente, foi um gay alienado, exibicionista e que desperdiçou sua inteligência e sua audácia em favor de um projeto de vida furado, completamente ultrapassado e elitista."
Luiz Mott, o antropólogo líder histórico do movimento gay brasileiro.(Em 17/03/2009)


"Foi uma inteligência mal aproveitada. Além do fato de ter dado visibilidade ao modelo de vivência homossexual já ultrapassado, a bicha desmunhecada que alfineta a todo mundo, de Marta Suplicy ao movimento GLBT, não vejo nenhuma contribuição de Clodovil, à exceção do projeto do exame de próstata, que ele tentou facilitar no Brasil."
Luiz Mott, o antropólogo líder histórico do movimento gay brasileiro. (Em 17/03/2009)


"Ele tentou ser meu amigo, mas era uma pessoa tão desagradável, que não deu para ser amigo dele. Foi uma das pessoas mais cruéis que eu já conheci. Tudo o que eu vi foi tão feio."
Leão Lobo, apresentador de TV

“Eu acho que a gente realmente fica sensível sobre o falecimento de qualquer pessoa, ainda mais na situação que foi, com um AVC dentro de um apartamento. É uma coisa muito triste. Uma coisa foram as nossas divergências, nossas posições diferenciadas. Neste momento aquela questão passou, acabou. Esse momento é de um sentimento por uma pessoa que perdeu a vida.”
Cida Diogo, deputada federal (PT-RJ), que teve um desentendimento com o deputado, que a chamou de feia


Frases ditas por Clodovil:

"Eles jamais serão exemplos de elegância. Por mais que se esforcem, não vão perder o ar do que realmente são. Cada povo tem o que merece. Que país é esse que elege para presidente um homem sem qualquer cultura?"
Em resposta à pergunta sobre o ele que achava do presidente Lula e da dona Marisa. Entrevista à Revista Quem, publicada em 11 de março de 2007.

"É um mal-educado. Me pôs fora daqui antes que eu me despedisse. Me pediu voto para ser presidente e me tratou mal."
Obs.: Em seu primeiro discurso na Camara de Deputados (06/02/2007). Referindo ao presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP)


"Quero ser o melhor representante do povo que me elegeu, servindo de peso e medida nas disputas e conveniências políticas e pessoais."
Obs.: Em seu primeiro discurso na Camara de Deputados (06/02/2007)


"Fala-se muito em decoro parlamentar. Eu não sei o que é decoro com um barulho desses enquanto a gente fala. Aqui parece um mercado. Isso aqui representa um país. Nem na televisão, que é popular, se faz isso."
Obs.: Em seu primeiro discurso na Câmara dos Deputados (06/02/2007)


"Fala para ele que na próxima eleição, quando me candidatar de novo, vou fazer o possível para ter menos votos para ele não implicar comigo. Se eu pudesse, dava meus votos para ele não ficar tão triste, mas não posso fazer isso."
Obs.: Em resposta à critica feita pelo tucano Walter Feldman (03/11/2006)


"Evidente que foi (armado o ataque contra as torres gêmeas) pelos próprios americanos, não seja idiota, é como o holocausto, você acha que não tinha nenhum judeu manipulando isso por debaixo do pano?"
Obs.: Em entrevista à Rádio Tupi (30/10/2006)


"Já sei que vou ser assediado o tempo inteiro em Brasília, porque as pessoas pensam que eu sou um idiota, que vou lá fazer frescura na Câmara. Não. Viver é um ato político."
Obs.: Em reunião de deputados eleitos e empresários na Fiesp (06/11/2006)


"Se você não votou em mim, não pode me cobrar nada. Eu vou fazer do jeito que eu sei. Eu não sou político de profissão."
Obs.: Em reunião de deputados eleitos e empresários na Fiesp (06/11/2006)


"Eu não vou me meter a fazer leis, porque não sei fazer isso. Eu sei avaliar se ela é boa ou ruim. Mas isso não é a minha proposta. Minha proposta é transformar o poder numa coisa boa e útil para todos nós."
Obs.: Em reunião de deputados eleitos e empresários na Fiesp (06/11/2006)


"Não tenho medo de ninguém. Sou feito cachorrinho. Passa a mão nas minhas costas que eu já abano o rabo. "
Obs.: Em visita ao Congresso (10/10/2006)


"Tudo que me mandarem, eu faço. Em curral alheio, boi é vaca."
Obs.: Na cerimônia de diplomação (19/12/2006)


"Não vou me sujar por pouco. Vou me sujar por alguns milhões de dólares, é claro. Pego esses milhões de dólares e faço a benemerência que eu quiser. E dane-se a retranca. Não tenho filho, não tenho amante, não tenho mulher, não tenho nada. Isso não é desonestidade. Isso é oportunidade. "
Obs.: Em entrevista exclusiva ao G1 após ser eleito

"R$ 30 mil é tão pouco... Se ainda fossem uns US$ 30 milhões... Por R$ 30 mil vender um país, você está louco. Cada um pesa o dinheiro na sua balança. E a minha precisa de muito."
Obs.: Em entrevista exclusiva ao G1 após ser eleito (03/10/2006)


"Se o Collor tinha aquilo roxo, o meu é cor-de-rosa choque. O vencedor nessa campanha não foi o Maluf, nem o Russomano. Fui eu!"
Obs.: Em entrevista exclusiva ao G1 após ser eleito (03/10/2006)


"Adoro esse clima na política, porque um mete o pau no outro.. e eu que não sou bobo nem nada, viro de costas"
Obs.: Comentado o que o aguarda em Brasília


"O primeiro projeto que tenho em mente é liberar o rodoanel"
Obs.: Projetos para seu mandato como Deputado Federal


"Tirei da frente e coloquei atrás."
Obs.: Estilista, confirmando que tirou gordura da cintura para colocar nas nádegas.


"Eu estou muito doente e não quero levar essa culpa. Eu não tinha nada que brigar com você. Às vezes a gente erra, me desculpe."
Obs.: Ex-apresentador, pedindo desculpas públicas a Luisa Mell, ex-desafeto dele, e contando que está com câncer.

"Aposto que essa vereadora é uma macaca de tailleur metida a besta."
Obs.: Reagindo as críticas da vereadora Claudete.


"A senhora quer fama? Faz como eu: trabalha, insiste que a senhora consegue."
Obs.: Irritado com a vereadora Claudete.


"Tem que vender disco na rua (...) Ele vai fazer o quê? Ele vai fazer o que todo crioulo faz no Brasil? Vai virar ladrão, bandido ou o quê?"
Obs.: Depois das reclamações do cantor Agnaldo Timóteo, sobre a presença de fiscais municipais no centro de São Paulo, que o impediam de vender seus CDs.


"Não suporto a Hebe. É uma mentira, um blefe, não sabe nada. Morta ela já está, só esqueceu de deitar."
Obs.: Ao ministrar palestra na Unimonte, em Santos - SP, maio de 2006.

"Da fruta que eu gosto, o Leonardo di Caprio chupa até o caroço. Falo isso porque boi preto conhece boi preto."
Obs.: Em entrevista a Amaury Jr., fevereiro de 2006.


"Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é."
Obs.: No Programa Amaury Jr., setembro de 2005.


"É ridículo o casamento de homem com homem, por amor e com véu e grinalda. Eu não apóio."
Obs.: Estilista e candidato a deputado federal pelo PTC.

“Vocês acham que eu sou passivo? Pisa no meu calo para você ver...”
Durante campanha para a Câmara dos Deputados

“Se Collor tinha aquilo roxo, o meu é cor-de-rosa choque”
Ao ser eleito, afirmando que iria combater o preconceito contra homossexuais em Brasília

"Me tiraram um milhão e meio de votos porque, se eu chegasse com dois milhões de votos a Brasília, eu seria presidente da Câmara, e isso não pode acontecer. Aquela história: um veado não pode..."
Em entrevista à revista M...

“Vim aprender o caminho da escola. Não sabia se podia trazer uma bolsa, uma mala, uma pasta, um Louis Vuitton ou um Victor Hugo”
Ao dizer que estava em dúvida sobre o melhor acessório para entrar no Congresso pela primeira vez

“(Hoje em dia, as mulheres) trabalham deitadas e descansam em pé”
Em 2007, ao dizer que as mulheres tinham ficado muito ordinárias. Na ocasião, comprou briga com a bancada feminina da Câmara

“Peço desculpas às mulheres. Elas sabem, pois me conhecem há anos - e não somente agora na figura de deputado federal - que sou assim, que às vezes me empolgo e falo demais, mas que isso não significa, em momento algum, desprezo ou desrespeito pelas mulheres que, num país como o nosso cheio de injustiças, representam papel de extrema relevância”.
Em carta pública, de 15/05/07, em que pede desculpas às mulheres por tê-las chamado de “ordinárias”

“(Você) é tão feia que não poderia nem ser p...”
A deputada Cida Diogo (PT) afirmou que ouviu esta frase de Clodovil em plenário. Ele primeiro negou a acusação, depois revelou o que disse: “Digamos que uma moça bonita se ofendesse porque ela pode se prostituir. Não é o seu caso. A senhora é uma mulher feia. Eu tenho culpa dela nascer feia?”

“Tudo que me mandarem eu faço. Em curral alheio, boi é vaca".
Cerimônia de diplomação, em dezembro de 2006

“Da fruta que eu gosto o Leonardo di Caprio come até o caroço. Falo isso porque boi preto conhece boi preto”
Em entrevista a Amaury Júnior, dizendo que o casamento do ator americano com Gisele Bündchen não saiu porque ele é gay, em fevereiro de 2006

"É claro que vou precisar de apoio, porque sozinho a gente não consegue nem se masturbar - tem de pensar em alguém."
Em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”, em 2006

"As donas-de-casa me adoram porque sabem que eu vim de baixo. Vivi a história da Cinderela. E pobre gosta mesmo é de luxo."
Também em entrevista à “Folha de S.Paulo”, em 1998


2 comentários:

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

ALEXANDER S.R disse...

Cada um tem o fim que merece e o certo é que vai pagar por isso do juiz ao presidente e do juiz ao centravante nada passa despercebido nas paginas da vida.