sábado, 19 de janeiro de 2008

O Holocausto no Carnaval do Brasil - "É de arrepiar"

Viradouro 2008 - "É de arrepiar"


"Percebemos a intenção correta de utilizar o espaço fantástico de divulgação do Carnaval para fazer uma denúncia da violência. Mas julgamos inadequada a mistura do Holocausto no contexto do desfile. Não seria percebido pela população da forma que o Holocausto precisa ser"
Sergio Niskier, o presidente da Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro (Fierj) que percebe a boa intenção do carnavalesco Paulo Barros, com a representação do Holocausto, o extermínio de 6 milhões de judeus pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, no entanto acredita que vai contrastar com a alegria dos foliões no desfile da Viradouro, no Rio.

Fonte: Terra Carnaval 2008

Nenhum comentário: