sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Frase: A Ira do Ira!


"Eu tenho muitos defeitos, mas ser mentiroso eu não sou. Eu tenho projetos, vou fazer 46 anos e nunca fui para a Europa, e gostaria de ir sem passagem de volta. Afinal de contas, eu sou cantor de rock, não sou funcionário público, com todo respeito à classe."

"Lamentavelmente, eu montei uma banda de rock, e eles estão me tratando como se eu fosse um sócio de uma empresa ou um empregado que pudesse ser despedido. Então eu lembro a eles que o rock deveria ensinar para a juventude a liberdade e a lealdade, e o rompimento com o que há de sujo no mundo capitalista."

"(...) Estou disposto a fazer esse exame [toxicológico] semanalmente. É um teste simples, uma coleta de urina assistida e o resultado sai em 24 horas. Imagina se o empresário do Ozzy Osbourne faz isso com ele? Imagina se o empresário do Iggy Pop faz isso com ele? Sinceramente, eu, perto deles, estou mais para o Padre Marcelo."

"Todas as bandas que ainda estão vivas fizeram isso [pararam durante um tempo]. Titãs, Kid Abelha, Los Hermanos – esses últimos até de uma maneira muito bacana, por tempo indeterminado"
"Acho que não é nada demais um ano sem cantar ‘Envelheço na cidade’"

Nasi, vocalista e fundador do Ira!, explicando a história que tem ocupado lugar de destaque nos veículos de comunicação desde setembro, quando acusou o irmão e empresário Airton Valadão Rodolfo Jr de ameaçá-lo com uma faca caso mantivesse seus planos de tirar férias da banda.

Nenhum comentário: