domingo, 28 de outubro de 2007

As frases da semana - Jornal A Gazeta


" A interrupção da gravidez tem tudo a ver com violência. Você pega o número de filhos por mãe na Lagoa Rodrigo de Freitas, Tijuca, Méier e Copacabana, é padrão sueco. Agora, pega na Rocinha. É padrão Zâmbia, Gabão. Isso é uma fábrica de produzir marginal”
Sérgio Cabral Filho
Governador do Rio de Janeiro (PMDB), 44 anos, que propõe a legalização do aborto como forma de conter a violência no Rio de Janeiro.

"Um tiro em Copacabana é uma coisa. Na Favela da Coréia é outra”
José Mariano Beltrame
Secretário estadual de Segurança do Rio de Janeiro, ao comentar a estratégia dos traficantes no Rio, que migraram para a Zona Sul.

"A ilegalidade das drogas incita a violência, corrói a sociedade, e, o que é pior: financia governos corruptos. Então, por que não liberar? Só vai trazer benefícios...”
Arnaldo Jabor
Em entrevista ao repórter Gustavo Cheluje no Caderno 2 de A GAZETA, quarta-feira, sobre a relação da violência com o tráfico.


"A nossa lua-de-mel foi de loucos, e por isso ela está onde está. Mas a nossa viagem foi maravilhosa, e ela aproveitou muito. Isso é tudo que importa”
Reinaldo Wavegche
Jovem de 24 anos que se casou com uma 'amiga' de 82, sobre a morte da mulher três semanas depois do casamento, em entrevista à imprensa, na Argentina.

"Não quero saber mais de basquete. Esqueçam de mim”
Oscar Schmidt
Em visita ao Estado, o Mão Santa desabafa e faz
críticas ao basquete brasileiro, aos jogadores e à seleção.

"Perdemos a confiança e sem confiança não se vai a lugar nenhum no futebol”
Romário
Jogador e técnico do Vasco por uma partida, sobre a situação da equipe em queda livre no Brasileirão.

"Eu não vou mudar quem sou, nunca mudei. Talvez eu tenha de ser mais cuidadoso em tudo o que eu for fazer no futuro”
Kimi Raikkonen
Após conquistar o título mundial de Fórmula-1 pela primeira, em São Paulo, no último domingo.

"Renan Calheiros não tem a mínima chance de voltar ao comando do Congresso Nacional”
Renato Casagrande
Em discurso nas comemorações dos 30 anos do Grupo Dadalto, na semana passada.

" É urgente a retomada da agenda de reformas estruturais. Não faz o menor sentido, por exemplo, o tratamento que vem sendo destinado à educação básica. Educação é o melhor instrumento para democratizarmos a oferta de igualdade de oportunidades”
Paulo Hartung
Ao discursar na cerimônia em que recebeu a Medalha ‘Santos Dumont’ do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, na semana passada.

"A Casa da Cultura dançou. A Ufes tomou. Será que o sonho acabou? E nós vamos deixar que aconteça o mesmo com o Teatro Edith Bulhões?”
Marco Ortiz
Diretor do Grupo de Teatro Sol da Terra, ao comentar o fechamento da Casa da Cultura no encerramento do Festival Nacional de Teatro.

"Eu preferia não lembrar as noites em que passei sentado com uma garrafa de vodka, um grama de cocaína e uma espingarda contemplando o suicídio”
Eric Clapton
Guitarrista inglês, numa das revelações surpreendentes de sua autobiografia lançada neste mês.

Fonte: Entre Aspas - Jornal A Gazeta

Nenhum comentário: