domingo, 24 de junho de 2007

Frases da semana: "Segura a boiada"


"Não tem quem me faça sair da presidência do senado. Já perdi tudo o que tinha para perder. Desmoralizaram-me. Colocaram-me no canto da parede. Perdi a minha família. Perdi a minha imagem pública. O que mais posso perder?"
Renan Calheiros (PMDB), presidente do Senado.

"Renan foi a maior vítima nisso tudo. Ele e a criança. Ele, claro, também tem culpa, porque todo ser humano é falho. Mas todos sabem que existe um assédio em cima dos representantes do poder. Fiquei surpresa por ele ter caído... Não sei como meu marido caiu nessa... Homem é mesmo muito besta!".
Maria Verônica Calheiros, mulher de Renan. Ele é suspeito de ter recebido dinheiro de lobista para pagar pensão a ex-amante.

"É ilusório imaginar que teremos uma sociedade de pessoas íntegras e confiáveis. Isso jamais vai acontecer, a não ser que se crie uma instituição política que impeça que a vontade de corrupção e que quaisquer atos nocivos passem à prática."
Frei Beto, escritor e teólogo, em entrevista ao jornal "A Gazeta" do ES.

"Com as denúncias cabeludas que envolvem Renan Calheiros e Joaquim Roriz com boiadas, já há gaiato chamando o PMDB de Partido da Mesada e da Desculpa dos Bois".
Ancelmo Gois, jornalista, em sua coluna.

Responda rápido, defesa de Renan Calheiros é pior que a do Vasco?
Tutty Vasques, No minimo

Nenhum comentário: