sexta-feira, 8 de junho de 2007

Frases semanais: “O império dos lobos”

"Bush pretende agora enganar o papa Bento 16. A guerra do Iraque não existe, não custa um centavo, nem uma gota de sangue, nem foram mortos centenas de milhares de pessoas inocentes em uma desavergonhada troca de vidas por petróleo e gás, imposta por armas a um povo do Terceiro Mundo."
O líder cubano, Fidel Castro, em afirmação em artigo publicado no jornal oficial Granma que o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush tenta iludir o papa Bento 16 sobre a guerra do Iraque.

“Tem muita gente que não gosta quando a Rússia e os Estados Unidos brigam e criam tensões. A Rússia é um grande país, assim como os Estados Unidos. É muito melhor trabalharmos juntos."
George W. Bush, afirmando ter boas relações com Moscou.

"Podemos fazer isso automaticamente, e seu sistema de operação cobriria não apenas parte da Europa, mas a Europa inteira, sem exceção, Isso também permitiria não que redirecionássemos nossos foguetes (para alvos na Europa), mas, pelo contrário, criaria as condições para um trabalho em conjunto.”
O presidente russo Vladimir Putin sugerindo alternativa ao plano americano de instalação de escudos antimísseis na Europa Central.

“Não acho justo, depois de uma reunião com cinco países importantes para tratar de um assunto dessa magnitude, você me perguntar uma coisa que eu poderia falar com você na segunda-feira, em São Paulo, na terça-feira em Brasília, na quinta-feira no Rio de Janeiro, onde você quiser perguntar. Na segunda-feira, você pode me perguntar o que você quiser da política interna que lhe responderei de peito aberto e de coração muito aberto”.
O presidente Lula com certa irritação, ontem em Berlim (Alemanha), ao ser indagado sobre as novas revelações da Polícia Federal sobre o envolvimento de seu irmão mais velho, Vavá, em tráfico de influência e sua vinculação com empresários do jogo investigados na Operação Xeque-Mate.

"O Brasil tem interesses na Venezuela, e vice-versa. Temos projetos conjuntos. Estamos construindo juntos, por exemplo, uma refinaria. Há muitos investimentos brasileiros na Venezuela, e acho que a cooperação entre os dois vai continuar"
Lula, em defesa do bom relacionamento com a Venezuela de Hugo Chavez.

Nenhum comentário: